07 agosto 2017

[Psicoses Comenta] Casada até quarta Catherine Bybee


   Olá! que saudade de Blogar e também de ler, rs.

   Bom , meus dias continuam na correria por conta dos estudos e tudo mais , definitivamente meu projeto de um livro por mês no ano de 2017 já falhou, meu plano inicial seria neste ano iniciar a faculdade de Licenciatura em História , juntamente com o curso Técnico em Segurança do Trabalho e finalizar o curso Normal de Nível Médio ( que se encerra agora em agosto) , tudo isso já seria uma barra para conciliar com as minhas leituras, mas para a minha surpresa passei no vestibular para Pedagogia no Instituto Federal do sul de Minas, como já tinha me matriculado para fazer História e já tinha cursado dois meses do curso, não poderia e nem queria parar e também não podia deixar minha vaga no curso de pedagogia, pois foi concorrido ( mais de 800 pessoas para 100 vagas) , então hoje estou cursando duas graduações, um técnico e terminado o magistério, minha vida virou uma correria e ler coisas sem ser das faculdades ficou muito  difícil .

  Porem um leitor não consegui ficar longe de livros por muito tempo, sexta feira ( 14/07) eu necessitava ler algo, mas teria que ser rápido, um livro pequeno,  porque não aguentaria começar e não poder termina-lo. Então procurei e descobri o livro protagonista deste post, apesar de estar de ferias de alguns dos curso tenho muita coisa para fazer do magistério ( Curso Normal) , pois ele esta acabando , então ainda me encontro atarefada, mas eu precisava ler então ...




    O livro me rendeu boas horas de leitura, mas achei que faltou desenvolvimento nele todo, ficou previsível , muito pequeno, a história tinha muito mais para oferecer , ficou demasiadamente sintetizado, é bom , eu gosto dessa temática que o livro abordou, porém poderia ser muito melhor.

    Blake Harrison precisava se casar para receber a herança de seu pai, mas como não queria nenhum compromisso sério , procurou a agencia de Sam Elliot para encontrar a mulher perfeita para se casar com ele por um ano, como seu pai havia estabelecido no testamento.
      Samantha Elliot estava contando com a dinheiro que Harrison iria pagar por seus serviços ( o de encontrar uma esposa para ele, que aceitasse se casar sem nenhum interesse sentimental , apenas por dinheiro)  para garantir o pagamento do hospital onde sua irmã estava internada, ela se empenhou ao máximo para encontrar a " esposa perfeita ", mas Harrison já tinha seu próprio plano, iria propor casamento a Sam, ela precisava do dinheiro ele de uma esposa que aceitasse sua condições, e ela parecia perfeita para isso, porem como já esperado depois do casamento arranjado entre os dois eles se envolveram , e resolveram manter uma relação até que o período de um ano acabasse.
       Mas o pai de Harrison havia deixando uma instrução a mais no testamento, que só deveria ser passada ao filho depois que estivesse casado ( não é muito difícil imaginar que adendo é esse ) , e a história acaba tomando outro rumo. 

       De fato é um livro bem previsível, e até chiquê, mas eu gosto de livros chiquês e para que estava a muito tempo sem finalizar um livro, foi uma boa leitura, bem rápida e tranquila, tudo que eu precisava na época, me abriu o apetite para mais leituras o que eu pude aproveitar nas minhas curtas ferias ( o que significa mais posts aqui para o blog). 


   Eu recomendo o livro para que está procurando uma leitura rápida, sem muitas surpresas, e sem um desenvolvimento muito  elaborado. 
  
    Espero voltar em breve para mais post. 

          Emy marques

Acesse a nossa página no facebook: Psicoses Literárias 


   

   

10 maio 2017

Diário de leitura _ 1° Trimestre de 2017 #DEURUIM

  Quando se inicia um ano eu fico cheia de gás e começo a traçar minhas metas,mas uma coisa que já percebi no ano passado e nesse ano também é que tudo sofre uma reviravolta já nos primeiros meses.

   Eu tinha em minha mente um cronograma onde o blog teria uma atenção especial esse ano, porque é fato que eu amo escrever no blog, criar conteúdo, dar pitaco sobre os livros que leio, mas aconteceu que novamente minhas metas mudaram e eu comecei muita coisa ao mesmo tempo e deixei de lado o blog mas uma vez, porém eu também não quero desistir dele, na verdade eu preciso dele, porque só o fato de saber que ele vai estar ali esperando para eu escrever minhas coisas nele já me faz sentir bem, mesmo sabendo que não o mantenho em assiduidade. então ele continua e quando eu sentir necessidade de fugir da realidade ,vou fugir para ele.

   Já quanto as leituras posso afirmar que deu ruim, eu estipulei uma meta de leitura de um livro por mês para ficar mais fácil de conciliar com os estudos, mas os meus estudos aumentaram, o que antes era só o Curso Normal de Nível Médio, aumentou para o Curso de Técnico em Segurança do Trabalho ,a faculdade de Licenciatura em História e a Faculdade de Pedagogia , essas foram minhas reviravoltas de inicio de ano, então tempo para lazer quase não sobra.

  Em Janeiro o eu li a serie A Seleção, foi bem rápido porque a leitura fluiu, então assim que terminou eu comecei o primeiro livro das Crônicas de gelo e fogo ( livro do mês de Janeiro) , mas eu comprei a versão econômica e as letras são minusculas, a leitura não fluiu por conta disso  atrasei completamente minhas leituras dos meses seguintes.

  Em resumo eu não consegui concluir o livro de Janeiro , o de Fevereiro que era Fallen eu só consegui terminar de ler em Março, e o de março ainda não consegui termina-lo.

   Eu ainda estou me familiarizando com a faculdade, eu faço Faculdade à Distancia, estou aprendendo a aprende estudar nesta modalidade  ainda, testando maneiras novas para ver em qual o estudo vai ser mais proveitoso, vou contar mais sobre a faculdade em outro post. As leituras espero por em dia em breve, para poder comentar sobre elas aqui no blog, mas como disse tudo pode sofre outra reviravolta e eu atrasar ainda mais.

    Estou testando uma forma de otimização de tempo diferente para conciliar tudo,mas está em teste, espero que de certo assim poderei andar em dia com minha meta de leitura e fazer minhas resenhas com mais frequência.

   Espero voltar em breve com um post novo.

Boa leitura e Bom estudo, volto em breve. 

14 abril 2017

[Psicoses Comenta ] O safado do 105 - Mila Wander

 



 Para resenhar esse livro precisa estar concentrada, se não eu me distraio no Sr. Calvin klein. serio, a autora capricha nos personagens de todos seus livros  ( nos masculinos principalmente ) é um safado , mas é apaixonante .

   Tudo começa quando Raíssa Magalhães, uma analista de sistemas , compra sua tão sonhada  "casa" , na verdade a casa que Raíssa comprou foi dividida ao meio , ela comprou metade o n° 104, e outra metade  o 105 pertencia a um jovem muito  bonito , atraente e safado que ela apelidou de Calvin Klein.

   "Calvin" é Chefe de cozinha, que passa suas horas vagas praticando safadezas , na parede ao lado de Raíssa , que  escuta TUDO , e além de não conseguir dormir , passa a pensar no seu vizinho safado . 
       
    A historia deles vai sendo contado, juntamente com citações de versos e frases de Clarice Lispector , e isso me encantou.
  "Calvin " tem uma historia familiar muito triste, e usa o sexo como uma forma de fugir da dor que sente, e sempre extrapolou, Raíssa ao perceber isso resolve " cuidar " dele, dar a atenção que ele precisa, um gesto  bem humilde, apesar de se envolver sexualmente com ele, ela tenta de todas as maneiras ser uma amiga, mesmo quando ele faz besteiras.

  Eu gosto de romances eróticos, maaas tem que haver uma boa historia, não apenas sexo, sexo, sexo e sexo, tenho notado nos livros da Mila que sempre tem uma mensagem, alguma coisa para tirar de lição, e nesse livro não é diferente, A bondade e a humanidade da Raíssa nesse livro me mostrou que por trás de uma pessoa " desequilibrada" com ações equivocadas pode haver uma pessoa extremamente magoada, que só precisa de um pouco atenção.





     




" Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome." - Clarice Lispector
  

16 janeiro 2017

Quem explica o Amor? - [ Brincando de ser escritora ]

Bom dia ( Tarde ou  noite) !!!


  Ler, escrever, escutar musicas e beber são coisas que em acalmam, então neste ultimo fim de semana eu fiz tudo isso para conseguir manter a minha sanidade. Escrevi uma pequena historia que gostei tanto que vim posta-la aqui no blog, então leiam agora o resultado da minha brincadeira de ser escritora, ( vez ou outra eu brinco disso):

                                                            *** 


Quem explica o Amor? 

  Presa em casa, por causa da chuva forte, Mariene não tinha nada para fazer, estava deitada no sofá com os pensamentos perdidos em alguma parte do ensino fundamental. Foi nessa época que ela conheceu George, em meio a tantos desentendimento na escola, ela não o via como um par romântico, até o dia da formatura na 8ª serie, onde ele apareceu na frente dela e a beijou.

  O Ensino Médio foi ainda mais conturbado, todos se achavam no direito de opinar no relacionamento deles, até os professores. Foram tantos términos e reconciliação que Mariene nem sabe ao certo o número, mas ela sempre soube que havia algo especial entre eles, algo que ia durar para sempre, se o sempre fosse até o início da faculdade.

   O sonho de ser advogada e o de ser engenheiro falou mais alto, e as bolsas para Universidades diferentes também, foi a separação mais dolorida para ambos, porque desta vez eles não tinham perspectiva de volta. Eles ficaram alguns meses sem conversar até que George tomou a iniciativa de mandar uma mensagem, que ela respondeu rapidamente, o namoro não voltou, mas uma incrível amizade nascia ali, os dois conversavam sobre tudo, até sobre encontros que tinham, Mariene até namorou Arthur por 1 ano, e George foi pai da pequena Lúcia, até o exame de DNA provar o contrário, Mariene ainda tem fotos da menina no celular.

  As formaturas foram perfeitas ele foi o acompanhante dela e ela foi a acompanhante dele, Mariene se formou primeiro e George um ano depois. De volta à cidade natal eles não se desgrudavam, ela montou seu escritório de advocacia e ele o de engenharia no mesmo prédio comercial, apenas um andar os separavam e para economizar gasolina cada semana iam no carro de um.

   A morte da mãe do George dois anos depois da sua formatura pegou todos de surpresa, ele ficou abaladíssimo, se isolou, nem mesmo Mariene conseguiu conversar com ele durante um mês, mas quando ele finalmente venceu o luto as coisas mudaram entre eles, já não podiam mais ser amigos. 

    Mariene só se deu conta da presença de George quando ele deu um beijo em sua barriga e lhe perguntou no que ela pensava, pois estava com um sorriso lindo no rosto, e ela abriu ainda mais o sorriso para lhe responder que pensava neles.

  Como presente de aniversário de 2 anos de casamento Mariene deu a George o resultado do exame de sangue que continha a palavra POSITIVO que fizeram ambos se emocionarem, agora com 7 meses de gestação eles escolhem o nome do filho e terminam de enfeitar o quarto de azul.

  George se enganou quando disse que eles não podiam mais ser amigos, porque mesmo casados a amizade é o pilar de sustentação do relacionamento deles e o amor é a base.
  

10 janeiro 2017

12 livros para 2017



  Demorou, mas enfim eu consegui selecionar 12 livros para ler em 2917, depois do fracasso do Projeto 24 livros para 2016 onde eu não cumpri os 24 desafios, resolvi arregaçar as mangas este ano e separar um livro por mês e me comprometo a vir resenha-lo aqui no blog no mesmo mês, também pretendo terminar o desafio  de 2016, por este motivo resolvi não participar de desafio de 2017, seria muitos livros para ler e eu tenho que dividir meu tempo de leitura com meus estudos, ai não teria jeito mesmo de cumprir com todas estas responsabilidades.

    Escolhi livros que já estavam aqui na minha estante para não ter a desculpa de não ter o livro em mãos para lê-lo, então vamos aos escolhidos;

1- A guerra dos tronos_ Crônica de Gelo e Fogo- George R.R. Martin

2- Fallen - Lauren Kate

3-Caixa de pássaros- Josh Malerman

4-Eu estive aqui- Gayle Forman

5-O Orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares- Rasson Kiggs

6-Narnia- C.S. Lewis

7-O silêncio dos inocentes- Thomas Harris

8-O arqueiro- Bernard Cornwell

9-Divina Comédia- Dante Alighieri

10-Odisseia- Homero

11-O vendedor de sonhos- Augusto Cury

12- O imbolo perdido- Dan Bronw

  Já estão na ordem dos meses que serão lidos, e ao decorrer das leituras vou soltando diários de leitura aqui no blog com quotes, opiniões e andamento das leituras, a resenha sairá provavelmente no fim de cada mês e as resenhas do desafio do ano passado sairão de acordo com o que eu for lendo, nesses primeiros meses quero fazer resenhas de todos os livos que li em 2016 e não vim aqui comentar sobre eles, lá na página do blog no Facebook também postarei detalhes dos livros assim como no insta ( @Emynareal ).

  2017 é o ano das Conquistas, e eu vou conseguir cumprir minhas metas de leitura,  metas pessoais e de estudo.

  Super Beijo e ATÉ O PRÓXIMO POST!!! 

06 janeiro 2017

Mais um recomeço. [ Feliz 2017 ]


 
       Passado os primeiros dias do ano, eu resolvi vir aqui escrever sobre o que penso e o que quero para este novo recomeço.

       A expectativa quanto a um ano novo é muita, porém muitos esquecem que para haver algo realmente novo as mudanças deve partir de si, o recomeço acontece quando as atitudes mudam ou se enraízam em si próprio, Esperar que o mês de janeiro te traca coisas que você sonhou durante 12 meses passados sem si quer ter lutado por esses sonhos é pedir o impossível.

       O que eu penso sobre a virada do ano é que realmente há um novo começo, um começo para que todos nos possamos nos organizar, ter em mente nossas metas de vida e ver qual melhor caminho seguir para realiza-los, mas isso não  precisa ser feito necessariamente em janeiro, isso deve ser feito toda vez que acharmos é nos perdemos de nossos sonhos. Sonhos são o que nos mantem vivos, lutar por eles é o que nos faz desfrutar quando eles se realizam.

      Eu resolvi aproveitar para fazer o meu recomeço, a tempos não me vejo tão perdida quanto já fui um dia, mas mesmo assim eu precisava avaliar se o que eu buscava era realmente viável para mim, e a resposta foi positiva para a maioria das coisas, então aproveitei para me engajar mais, e não deixar meus sonhos se perderem.

      Os dias passam tão rápido, e sem nem percebermos com a nossa necessária correia deixamos de lado coisas importantes, para mim o blog sempre foi importante, já tentei me desconectar de vez, mas não consegui, mesmo ele estando desatualizado a certeza dele existir já me alegrava, e o motivo da desatualização sempre foi o mesmo a falta de tempo.

        Não sei como vou fazer para mante-lo ativo e atualizado, mas esta é uma das minhas metas, escrever sobre livros, sobre mim, sobre qualquer coisa me faz bem, me renova, me relaxa e eu não posso deixar isso escapar, me lembro que em 2015 assisti uma palestra do Mario Sergio Cortella onde ele  disse algo que carrego comigo desde então:  Não existe falta de tempo, e sim falta de prioridade.

       Meus estudos são minha prioridade maior, mas fazer coisas que amo também são, por isso o Blog continuará em 2017, não sei a frequência de poste, nem o conteúdo que será mais abordado, ele existirá e me dedicarei a ele.

  Depois deste "pequeno desabafo" deixo meus votos de sabedoria e foco para traçar seu recomeço e perseverança para continuar firme em busca dos seus objetivos.




 
 

27 novembro 2016

O que acontece quando uma pessoa está em coma? [ Psicoses Comenta ] A Travessia _ Willian P. Young


  Hoje vou falar sobre A Travessia - Willian P. Young, um livro incrível que realmente me fez refletir sobre a vida, sobre a minha vida para ser mais especifica.

   No primeiro capitulo temos a discrição de Tonny, Anthony Spencer Um homem bem sucedido nos negócios, mas com uma vida pessoal triste, um homem bem neurótico, ele se casou duas vezes com a mesma  mulher sendo que na segunda vez foi mais uma espécie de vingança, Vamos dizer que Tonny não se importa muito com os sentimentos das pessoas que o cercam.

   " O homem mais digno de pena é aquele que transforma seus sonhos em prata e ouro" - khalil Gibran  

Depois de uma noite de bebedeira Tonny acorda estranho, se sentindo tonto ele tenta chegar até seu carro, mas acaba caindo e batendo com a cabeça, é levado para o hospital, mas está desacordado em coma. 

     Quando finalmente acorda, ele está bem confuso, pois não  sabe o que acontece com ele, pensa que está morto pois acorda em um lugar estranho, não faz ideia de como chegou ali, e muito menos de como sair dali, a única opção que ele tem é anda e decidir qual caminho vai seguir sem saber qual é o certo. 

   Ok! Até essa parte do livro eu pensava já saber exatamente o que aconteceria, mas a escrita do autor é tão boa que me fez continuar lendo, ainda bem que continue porque não aconteceu nada do que eu pensava que era previsível de acontecer.

  Depois de muito andar e seguir por caminhos que ele não sabia se era o correto, ele começa e encontrar pessoas, que vão lhe dando dicas e informações sobre o lugar onde ele está, ele conversa com Jesus e o Espirito Santo. 

  Eu preciso confessar que o livro tem uma pitada cômica que me deixou ainda mais apaixonada por ele.

    Passada essa fase onde Anthony anda por caminhos desconhecidos, toma decisões sem saber as implicações, coisa que ele jamais fazia antes, ele se encontra em outra situação perturbadora, ele sai do lugar misterioso onde estava e passa a ver o mundo pelos olhos de outra pessoa, e a primeira pessoa é Cabby, um menino muito fofo, a seguinte é Maggie e essa foi a parte da leitura que ri alto, e começa a ficar apreensiva pois percebia que o livro estava pela metade e eu não conseguia se quer imaginar o destino de Tonny.

   Me senti muito confusa com o final deste livro, mas depois de refletir um pouco compreendi. O livro traz o assunto Religião, Deus , Jeusu, mas não é ofensivo, nem preconceituoso, e também não faz julgamento apenas nos faz refletir sobre nossas atitudes, nossas decisões, 

  "  - Justo? - resmungou Vovó. - Essa é boa. Anthony, não existe nada de justo em um mundo imperfeito, cheio de pessoas imperfeitas."  A Travessia, p. 101 .

  Este livro esteve na minha estante por muito tempo, resolvi lê-lo na maratona de férias em julho, amei a leitura, foi o primeiro livro do autor que li, e adorei, uma amiga me falou muito maravilhas sobre A Cabana, vou compra-lo par ler assim que possível, pois esses livros reflexivos sempre me causam uma paz interior, faz parecer que além de ler, que algo que me acalma, eu fiz uma longa sessão de autoconhecimento, e fico completamente zen  por um bom tempo.



   É uma ótima leitura para ser feita em momentos estressantes da vida, o momento em que eu li foi perfeito, estava de férias do curso, do estágio, mas a sobrecarga ainda estava nos meus ombros, muita correria e eu queria fazer tudo e estava esquecendo de viver para mim e de dar atenção as pessoas que amo.





  Recomendo!