16 janeiro 2017

Quem explica o Amor? - [ Brincando de ser escritora ]

Bom dia ( Tarde ou  noite) !!!


  Ler, escrever, escutar musicas e beber são coisas que em acalmam, então neste ultimo fim de semana eu fiz tudo isso para conseguir manter a minha sanidade. Escrevi uma pequena historia que gostei tanto que vim posta-la aqui no blog, então leiam agora o resultado da minha brincadeira de ser escritora, ( vez ou outra eu brinco disso):

                                                            *** 


Quem explica o Amor? 

  Presa em casa, por causa da chuva forte, Mariene não tinha nada para fazer, estava deitada no sofá com os pensamentos perdidos em alguma parte do ensino fundamental. Foi nessa época que ela conheceu George, em meio a tantos desentendimento na escola, ela não o via como um par romântico, até o dia da formatura na 8ª serie, onde ele apareceu na frente dela e a beijou.

  O Ensino Médio foi ainda mais conturbado, todos se achavam no direito de opinar no relacionamento deles, até os professores. Foram tantos términos e reconciliação que Mariene nem sabe ao certo o número, mas ela sempre soube que havia algo especial entre eles, algo que ia durar para sempre, se o sempre fosse até o início da faculdade.

   O sonho de ser advogada e o de ser engenheiro falou mais alto, e as bolsas para Universidades diferentes também, foi a separação mais dolorida para ambos, porque desta vez eles não tinham perspectiva de volta. Eles ficaram alguns meses sem conversar até que George tomou a iniciativa de mandar uma mensagem, que ela respondeu rapidamente, o namoro não voltou, mas uma incrível amizade nascia ali, os dois conversavam sobre tudo, até sobre encontros que tinham, Mariene até namorou Arthur por 1 ano, e George foi pai da pequena Lúcia, até o exame de DNA provar o contrário, Mariene ainda tem fotos da menina no celular.

  As formaturas foram perfeitas ele foi o acompanhante dela e ela foi a acompanhante dele, Mariene se formou primeiro e George um ano depois. De volta à cidade natal eles não se desgrudavam, ela montou seu escritório de advocacia e ele o de engenharia no mesmo prédio comercial, apenas um andar os separavam e para economizar gasolina cada semana iam no carro de um.

   A morte da mãe do George dois anos depois da sua formatura pegou todos de surpresa, ele ficou abaladíssimo, se isolou, nem mesmo Mariene conseguiu conversar com ele durante um mês, mas quando ele finalmente venceu o luto as coisas mudaram entre eles, já não podiam mais ser amigos. 

    Mariene só se deu conta da presença de George quando ele deu um beijo em sua barriga e lhe perguntou no que ela pensava, pois estava com um sorriso lindo no rosto, e ela abriu ainda mais o sorriso para lhe responder que pensava neles.

  Como presente de aniversário de 2 anos de casamento Mariene deu a George o resultado do exame de sangue que continha a palavra POSITIVO que fizeram ambos se emocionarem, agora com 7 meses de gestação eles escolhem o nome do filho e terminam de enfeitar o quarto de azul.

  George se enganou quando disse que eles não podiam mais ser amigos, porque mesmo casados a amizade é o pilar de sustentação do relacionamento deles e o amor é a base.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário